17 de março de 2005

A poda
















A República foi podada. Ou, melhor dito, a Praça da República foi podada. Talvez ainda com um pouco mais de rigor, as magníficas árvores da Praça da República foram podadas. Aquelas que os ventos e as invernias têm poupado foram podadas. Como peões sem idade nem valia. Depois de terem sido historicamente podados do nome o Campo de Santo Ovídio e o Campo da Regeneração. Ainda ouço, com saudade, o guarda-freios anunciar "Campo" quando o ronceiro eléctrico, gemendo, vindo da Ponte da Pedra, descia a Rua da Lapa. A caminho da Rua da Boavista e da Rua de Cedofeita, para acabar na Praça da Liberdade. Já podada do seu nome de Praça Nova. Simples curioso, sem nenhuma erudição, acho mal feitas todas estas podas. Eu, que nem sei de enxertos! Acho mesmo que quem tão desbragadamente utilizou o serrote pura e simplesmente não sabia da poda. Pelo menos acho que não sabia o que devia saber! Mas estes meus companheiros de jornada vão ajudar-me. Corrigindo-me naquilo em que eu esteja errado. Emitindo o certificado profissional ao podador, se for caso disso!

4 Comentários:

Às 8:29 da manhã , Blogger manueladlramos disse...

Apetece apenas dizer: Palavras para quê?
.........
Que tristeza cortar assim a ramagem das tílias, árvores que se caracterizam justamente pela imponência e harmonia da sua copa! Bonito não é. Isso temos a certeza. Será ou não será correcto? Não me parece também de modo algum. Mas como também somos simples curiosos passo a indicar o link para uma entrada em que publicámos a opinião de um especialista:
http://dias-com-arvores.blogspot.com/2004/12/5-ideias-falsas-sobre-as-podas.html

 
Às 1:32 da tarde , Blogger Afonso Henriques disse...

Não há mãos que cheguem para encherem de bofetadas as rubicundas e rosáceas faces dos quadrúpedes que ordenaram a depredação de árvores dessa maneira.
A ignorância aliada à estupidez e ambas contempladas pela passividade bovina de um regime republicano em putrefacção a céu aberto.

 
Às 6:21 da tarde , Blogger Carlos a.a. disse...

Mas estimado amigo Luís, neste país os que têm as tesouras raramente sabem da poda!

Abraço

 
Às 12:58 da tarde , Blogger wbruzzi disse...

Em respeito as árvores, não faça poda!As podas deveriam ser proibidas, pois quem não sabe fazê-las acaba mutilando o espécime, além de lhe deixar uma ferida aberta que certamente o levará a uma morte precoce. Quem esta habilitado a fazer, simplesmente não faz, por razões óbvias!
Plante árvores, com critério para não se arrepender mais tarde e ter que mutila-las.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial