4 de outubro de 2010

Emprego

Segundo os auto-proclamados orgãos da comunicação social, de janeiro a setembro deste ano, faliram no país mais de 3.000 empresas.

Pensa o primeiro ministro, muito inteligentemente, que as empresas falidas poderão levar ao cumprimento das suas promessas eleitorais que antecipavam a criação de alguns 150.000 postos de trabalho, incluindo os do Rui Pedro Soares e do ministro da defesa nacional!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial