16 de novembro de 2015

Sobre professores universitários, o teorema de Pitágoras e a descoberta do caminho marítimo para a Índia


O título é tão longo que o conteúdo do arrazoado que iria seguir-se, para bem da pátria e do eterno repouso, em paz, do senhor Eça de Queirós, se me varreu por completo. Mas para informação isenta e especializada, fica o aviso: João Carlos Espada, professor universitário, IEP-UCP, escreve à segunda-feira, cartas do Atlântico “sobre alegados “tabus” – anticomunistas e antifascistas”. Mesmo que, segundo o próprio, já tudo tenha sido dito sobre a situação política e, acrescente-se, o professor Cavaco possa ter regressado da sua visita de estado às selvagens e da sua consulta ao bruxo não sei quê jardim, sobre maiorias parlamentares e governos de gestão. Ámen!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial