10 de julho de 2012

O exemplar Dr. Relvas



O Dr. Relvas, ao que parece ministro, é um incrível exemplar da espécie humana. Desde logo diferente de Hulk porque, mesmo sendo boneco animado com a energia das pilhas Duracell, não chuta com nenhum dos pés, não está convocado para as olimpíadas de Londres e não tem uma cláusula de rescisão de cem milhões de euros que acautelem os interesses do Sr. Pinto da Costa e de alguma das suas namoradas, porventura mais exigente quanto à qualidade do leito conjugal.

O Dr. Relvas, em boa verdade, não é apenas um exemplar. É mais um somatóro de exemplares. Ainda no século passado parece ter-se matriculado algures, numa qualquer faculdade de direito, onde completou brilhantemente uma cadeira com a elevada nota de dez valores. Depois deu de partido a todos os seus colegas, todos estes anos intermédios. Para lhes provar que, como moço de forcados num grupo de Tomar, adquiria experiência profissional suficiente para completar uma licenciatura num ano, dar aulas a doutores (da mula ruça), saber as inclinações sexuais de algumas jornalistas e ser o todo poderoso titular da uma pasta ministerial da Falta de Vergonha e de Virtude.

Agora, nos últimos dias, tem tido a presunção de ser o engenheiro Virgílio Alves dos Reis do século XXI (vinte e um em numeração romana, para esclarecimento de sua excelência). Com a desvantagem de ser menos inteligente, embora mais chico esperto. Menos brilhante, embora mais desenrascado, habituado a pular barreiras nas largadas de touros das ruas do Ribatejo. Até porque aquele andou por Angola, exibiu cartas de curso com elevadas classificações, sonhou projetos, falsificou notas de banco e viu o Banco de Portugal (ainda sem o igualmente incrível Dr. Vítor Constâncio) vir a terreiro para garantir que eram mais verdadeiras do que as verdadeiras. E, em pleno julgamento, os meretíssimos juízes não hesitaram em lhe reconhecer a superioridade intelectual e o trataram reverentemente por “vossa excelência”.

O incrível Dr. Relvas não tem conseguido mais do que ser vaiado à chegada a algumas juntas de freguesia ou entusiasticamente aplaudido nos passos perdidos  pelo Dr. Guilherme Silva, um clone de sucesso da ovelha Dolly e do Dr. Alberto João. Embora vestindo nos saldos do Rosa e Teixeira!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial